EFEITO FRAMING: UM ESTUDO ACERCA DA VARIAÇÃO NAS POSSÍVEIS DECISÕES DE INVESTIMENTO DE ESTUDANTES DE UMA IES PÚBLICA NA PARAÍBA

Autores

  • Letícia da Silva Pontes Universidade Federal da Paraíba
  • Josicarla Soares Santiago Universidade Federal da Paraíba
  • Fábio José Lira dos Santos Universidade Federal da Paraíba
  • Luiz Gustavo de Sena Brandão Pessoa Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.18696/reunir.v4i3.294

Palavras-chave:

Informação, Finanças Comportamentais, Efeito Framing.

Resumo

O estudo objetivou identificar os impactos do efeito framing nas decisões de investimento dos estudantes do curso de Ciências Contábeis e Secretariado Executivo Bilíngue da Universidade Federal da Paraíba, além de verificar possíveis diferenças na tomada de decisão destes estudantes quando expostos a situações com perspectiva de ganhos e com perspectiva de perdas. O estudo classifica-se como descritivo, exploratório, quali-quantitativo, com predominância qualitativa. A população do estudo é composta por aproximadamente 400 alunos, sendo a amostra composta por 210 discentes, que tiveram que escolher opções de investimentos em distintas situações. A coleta de dados deu-se através da aplicação de dois tipos de questionários, a fim de verificar se mudanças na estruturação das situações afetariam a tomada de decisão. Os resultados demonstraram que os estudantes do curso de Ciências Contábeis são conservadores, pois não se arriscaram mesmo estando em perspectivas negativas (perdas), contrariando assim a teoria dos prospectos, já os alunos de Secretariado Executivo Bilíngue mostraram-se avessos ao risco em situações com probabilidade de ganhos e propensos ao risco quando diante de situações com probabilidade de perdas. Além disso, tem-se também que as mudanças na formulação das situações não afetaram os estudantes de Ciências Contábeis e afetou em parte (2 das 5 situações) os discentes do curso de Secretariado Executivo Bilíngue. Pôde-se inferir que o nível de conhecimento específico e o nível de conservadorismo influenciam positivamente para o não impacto da formulação diferenciada no momento da tomada de decisão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Letícia da Silva Pontes, Universidade Federal da Paraíba

Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal da Paraíba

Josicarla Soares Santiago, Universidade Federal da Paraíba

Doutoranda e Mestre em Ciências Contábeis pelo Programa Multiinstitucional e Inter-regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (UnB/UFPB/UFRN). E Professora do Departamento de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal da Paraíba, Campus IV, Litoral Norte.

Fábio José Lira dos Santos, Universidade Federal da Paraíba

Especialista em Contabilidade e Controladoria pelo Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ). E Professor do Departamento de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal da Paraíba, Campus IV, Litoral Norte.

Luiz Gustavo de Sena Brandão Pessoa, Universidade Federal da Paraíba

Mestre em Ciências Contábeis pelo Programa Multiinstitucional e Inter-regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis (UnB/UFPB/UFRN). E Professor do Departamento de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal da Paraíba, Campus IV, Litoral Norte.

Referências

BASU, S. The conservatism principle and the asymmetric timeliness of earnings. Journal of Accounting and Economics, v. 24, p. 3-37, 1997.

CARMO, L. C. Finanças Comportamentais: uma análise das diferenças de comportamento entre investidores institucionais e individuais. 2005. 91 f. Dissertação (Mestrado em Administração). Pontifícia Católica do Rio de Janeiro – PUC-RJ, Rio de Janeiro, 2005.

GALENO, M. M. et al. Vieses comportamentais presentes na tomada de decisão de investimentos: um estudo empírico realizado em pós-graduação. In: Anais... VI Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia – SEGeT, Rio de Janeiro, p. 1-17, 2009.

HAUBERT, F. L. C.; LIMA, M. V. A.; HERLING, L. H. D. Finanças comportamentais: um estudo com base na teoria do prospecto e no perfil do investidor de estudantes de cursos stricto sensu da grande Florianópolis. Revista Eletrônica Estratégia e Negócios, Florianópolis, v. 5, n. 2, p. 171-199, mai-ago/2012.

FAMA, E. Efficient Capital Markets: A Review of Theory and Empirical Work. Journal of Finance, v. 25, n. 2, p. 383-417, mai/1970.

FERREIRA JR, G. Contador conservador ou ser humano conservador? Um estudo sob a perspectiva da contabilidade comportamental. 2012. 181 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) – Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2012.

KAHNEMAN, D.; TVERSKY, A. Prospect theory: an analysis of decision under risk. Econometrica, v. 47, n. 2, p. 263-29, mar/1979.

______.; ______. Choices, Values, and Frames. American Psychologist, v. 39, n. 4, p. 341-350, abr/1984.

KIMURA, H. Aspectos comportamentais associados às reações do mercado de capitais. Revista de Administração de Empresas Eletrônica, São Paulo, v. 2, n.1, p. 1-14, jan-jun/2003.

LIMA, D. H. S. Análise do impacto da divulgação adicional de informações contábeis com o uso de recursos textuais e/ou gráficos sobre a percepção dos indivíduos quanto ao nível de disclosure de uma entidade. 2012. 118 f. Tese (Doutorado em Ciências Contábeis) – Programa Multiinstitucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Universidade de Brasília, Universidade Federal da Paraíba, Universidade Federal de Pernambuco e Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal – RN. 2012.

LIMA, M. V. Um estudo sobre finanças comportamentais. RAE-eletrônica, São Paulo, v. 2, n. 1, p. 1-19, jan-jun/2003.

MAYER, V. F.; AVILA, M. G. A influência da estruturação da mensagem em comportamentos relacionados à saúde: um teste experimental. Saúde Soc., São Paulo, v. 19, n. 3, p. 685-697, jul-set/2010.

MILANEZ, D. Y. Finanças comportamentais no Brasil. 2003. 53 f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Universidade de São Paulo, 2003.

SILVA, C. A. T; LIMA, D. H. S. Formulation Effect: Influência da Forma de Apresentação sobre o Processo Decisório de Usuários de Informações Financeiras. In: Anais... XXXI Encontro da ANPAD, 2007. Rio de Janeiro, 2007.

TOMASELLI, T. R. A ACP e a tomada de decisão em investimentos. Fractal: Revista de Psicologia, v. 22, n. 3, p. 525-542, Rio de Janeiro, set-dez/2010.

TORRALVO, C. F. Finanças comportamentais: uma aplicação da teoria do prospecto em alunos brasileiros de pós-graduação. 2010. 129 f. Dissertação (Mestrado em Administração) – Universidade de São Paulo. São Paulo, 2010.

TVERSKY, A.; KAHNEMAN, D. Judgment under uncertainty: Heuristics and biases. Science, New Series, v. 185, n. 4157, p. 1124-1131, set/1974.

______.; ______. Rational choices and the framing of decisions. The Journal of Business. Chicago, v. 59, n. 4, p. 251-278, Out. 1986.

YAZBEK, P. Investidor pessoa física na Bolsa bate recorde em maio. 2013. Texto Online. Disponível em: <http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/investidor-pessoa-fisica-na-bolsa-bate-recorde-em-maio>. Acesso em: 08 mar. 2014.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

2014-12-29

Como Citar

Pontes, L. da S., Santiago, J. S., Santos, F. J. L. dos, & Pessoa, L. G. de S. B. (2014). EFEITO FRAMING: UM ESTUDO ACERCA DA VARIAÇÃO NAS POSSÍVEIS DECISÕES DE INVESTIMENTO DE ESTUDANTES DE UMA IES PÚBLICA NA PARAÍBA. REUNIR Revista De Administração Contabilidade E Sustentabilidade, 4(3), 113-129. https://doi.org/10.18696/reunir.v4i3.294

Edição

Seção

Artigos científicos