REUNIR Revista de Administração Contabilidade e Sustentabilidade https://reunir.revistas.ufcg.edu.br/index.php/uacc <p>Revista de Administração, Contabilidade e Sustentabilidade</p> <p>Journal of Management, Accounting and Sustainability</p> <p>Revista de Administración, Ciencias Contables y Sostenibilidad</p> Universidade Federal de Campina Grande pt-BR REUNIR Revista de Administração Contabilidade e Sustentabilidade 2237-3667 <h4>Declaração de Direito Autoral</h4><p>Direitos Autorais para artigos publicados nesta revista são do autor, com direitos de primeira publicação para a revista. Em virtude de ser um periódico de acesso público, os artigos são de uso gratuito, com atribuições próprias, em aplicações educacionais e não-comerciais, com caráter científico.</p><p>A Revista REUNIR adota Licença <big><span style="font-family: Arial;"><span><span><a href="http://creativecommons.org/licenses/by-nc/3.0/br/" rel="license">Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial 3.0 Brasil License</a> ou seu equivalente.</span></span></span></big></p><p> </p> Editorial 12(2), 2022 https://reunir.revistas.ufcg.edu.br/index.php/uacc/article/view/1468 <p><strong>Editorial 12(2), 2022 Sousa, PB, 10 de agosto de 2022.</strong></p> <p><strong> </strong></p> <p>Caros leitores,</p> <p> </p> <p>A REUNIR: Revista de Administração, Ciências Contábeis e Sustentabilidade apresenta a 2ª edição do ano de 2022. Nesta edição estão sendo publicados 11 artigos:</p> <p> </p> <p>Artigo 1: Processo Decisório para Adoção Tecnológica em uma Instituição de Ensino dos autores Caroline Oliveira Melo, Maria Conceição Melo Silva Luft e Ronalty Oliveira Rocha.</p> <p> Artigo 2: Sustentabilidade hidroambiental: uma análise multicriterial com multidecisor de autoria Sabrina Ribeiro Almeida, Wilson, Fadlo Curi e Zedna Mara de Castro Lucena Vieira.</p> <p>Artigo 3: Sustentabilidade em Restaurante Institucional: Campanha para redução do resto e análise da influência da aceitabilidade do cliente de Brenda Caroline de Paiva Rabelo, Renata de Souza Ferreira, Anne Danieli Nascimento Soares e Nathalia Sernizon Guimarães.</p> <p>Artigo 4: Diversificação como estratégia de desenvolvimento: o caso de um grupo de concessionárias de veículos <em>premium </em>dos autores César Ricardo Maia de Vasconcelos e Carolina Barbosa Montenegro.</p> <p>Artigo 5: A violência psicológica e dissimulada no trabalho: estudo sobre o assédio moral nas carreiras públicas brasileiras de Júnior Wallison Miranda, Stela Mariana de Morais e Daniela de Castro Melo.</p> <p>Artigo 6: Tensões entre a legislação ambiental e as estratégias produtivas de agricultores familiares do Semiárido de autoria de Roberto de Sousa Miranda, Aldo Manoel Branquinho Nunes e Laiany Tássila Ferreira.</p> <p>Artigo 7: Contabilidade Dialógica e Relatórios de Sustentabilidade: o caso do Grupo Empresarial Monsanto dos autores Miguel Augusto Silveira de Brito, Fátima de Souza Freire e Nilton Oliveira da Silva.</p> <p>Artigo 8: Sustentabilidade em cervejarias artesanais no Rio Grande do Sul dos autores aísa Schefer Roveda, Maria Margarete Baccin Brizolla, Daniel Knebel Baggio e Juliana da Fonseca Capssa Lima Sausen. </p> <p>Artigo 9: Planejamento estratégico e gestão organizacional no setor farmacêutico de autoria de Simone Kucznir Renzcherchen, Antônio João Hocayen da Silva e Karina Szendela.</p> <p> Artigo 10: Relações entre Organizações sob a Perspectiva da Teoria dos Custos de Transação: um Estudo sobre as Práticas de Contabilidade Gerencial Intrafirma de autoria de Karla Katiuscia Nóbrega de Almeida, Antonio André Cunha Callado. </p> <p>Artigo 11: Ecoinovação em Empreendimentos de Tursimo Sustentável: O estudo de múltiplos casos no entorno do Riacho do Talhado dos autores David Nunes da Cunha, Veruschka Vieira Franca, Grayceane Bomfim Santos de Jesus.</p> <p>A equipe da REUNIR deseja a todos uma excelente leitura.</p> <p>Dr. José Ribamar Marques de Carvalho </p> <p>Editor Chefe Responsável</p> <p> </p> <p>REUNIR: Revista de Administração, Contabilidade e Sustentabilidade, 12(1), 2022.</p> <p>ISSN: 2236-3667, http://reunir.revistas.ufcg.edu.br/index.php/uacc</p> José Ribamar Marques de Carvalho Copyright (c) 2022 2022-08-10 2022-08-10 12 2 i i 10.18696/reunir.v12i2.1468 Processo Decisório para Adoção Tecnológica em uma Instituição de Ensino https://reunir.revistas.ufcg.edu.br/index.php/uacc/article/view/987 <p>O estudo do processo decisório é importante para todas as organizações, sejam elas entidades públicas ou privadas. Esse processo decisório é também relevante para adoção tecnológica, uma vez que o uso de ferramentas de tecnologia da informação tornou-se frequente em atividades e estratégias organizacionais, inclusive em instituições de ensino. Nesse contexto, este artigo tem como objetivo analisar o processo decisório para adoção tecnológica em uma instituição de ensino. Especificamente o trabalho buscou identificar, sob a ótica de gestores educacionais, e a partir do modelo de Rogers (2003), os elementos que compõem cada etapa do processo decisório. Para alcance deste objetivo foi empreendida uma pesquisa qualitativa com estudo de caso único no Instituto Federal de Sergipe (IFS). De forma geral, a análise do fluxo do processo decisório, e suas etapas, para a adoção das TICs no Instituto Federal de Sergipe, demonstra que diversas iniciativas importantes já são realizadas na instituição, algumas, no entanto, foram identificadas mais como esforços individuais dos gestores do que como um processo institucionalizado.</p> Caroline Oliveira Melo Maria Conceição Melo Silva Luft Ronalty Oliveira Rocha Copyright (c) 2022 2022-08-10 2022-08-10 12 2 1 15 10.18696/reunir.v12i2.987 Sustentabilidade Hidroambiental: uma análise multicriterial com multidecisor https://reunir.revistas.ufcg.edu.br/index.php/uacc/article/view/1013 <p>Na perspectiva de contribuir na construção de conhecimentos sobre a gestão dos recursos hídricos em bases sustentáveis, esse estudo tem como objetivo geral selecionar, justificar e estruturar sistematicamente indicadores de sustentabilidade que possam representar a realidade hidroambiental dos municípios e apresentar cenários que facilitem a tomada de decisão. Para isso foi selecionado um grupo de indicadores que representassem quatro dimensões da sustentabilidade: ambiental, social, econômica e institucional. Visando validar os indicadores um grupo de decisores atribuíram pesos aos indicadores e as dimensões da sustentabilidade selecionados. A análise dos dados foi realizada pelo método PHOMETHEE II e pelo COPELAND. Os principais resultados no que se refere ao <em>ranking</em> dos municípios mostraram que Alagoa Grande, Esperança e Lagoa Seca são os municípios de melhor performance. No entanto, a região estudada se encontra em situação desfavorável no tocante aos indicadores estudados, sendo necessário uma análise individual de cada indicador, por parte dos tomadores de decisão e dos atores sociais, buscando visualizar as relações existentes com o objetivo de melhorar sua sustentabilidade.</p> Sabrina Ribeiro Almeida Wilson Fadlo Curi Zedna Mara de Castro Lucena Vieira Copyright (c) 2022 2022-08-10 2022-08-10 12 2 16 30 10.18696/reunir.v12i2.1013 Sustentabilidade em Restaurante Institucional: campanha para redução do resto e análise da influência da aceitabilidade do cliente https://reunir.revistas.ufcg.edu.br/index.php/uacc/article/view/1121 <p class="western" align="justify"><span style="font-family: 'Trebuchet MS', serif;"><span style="font-size: small;">O objetivo deste estudo foi verificar a associação entre o desperdício de alimentos e a aceitabilidade do cardápio, bem como avaliar o impacto da campanha contra o desperdício de alimentos no resto ingestão no restaurante de uma instituição pública de ensino. A coleta dos dados em relação à aceitabilidade dos comensais e ao resto alimentar provenientes dos pratos após a refeição foi realizada durante 24 dias. A ação de sensibilização dos comensais em relação ao desperdício aconteceu após 12 dias de pesagem dos restos de alimentos. Foi calculado o índice de aceitabilidade para os cardápios e o resto ingestão </span></span><span style="font-family: 'Trebuchet MS', serif;"><span style="font-size: small;"><em>per capita. </em></span></span><span style="font-family: 'Trebuchet MS', serif;"><span style="font-size: small;">Não foi encontrada diferença significativa entre o resto ingestão antes e após a campanha sobre o desperdício. Os valores de resto ingestão </span></span><span style="font-family: 'Trebuchet MS', serif;"><span style="font-size: small;"><em>per capita</em></span></span><span style="font-family: 'Trebuchet MS', serif;"><span style="font-size: small;"> foram considerados satisfatório em 80% dos dias, e não associados com a aceitabilidade do cardápio ou das preparações avaliadas. Encontrou-se boa aceitação para todos os cardápios, sendo 95,8% para os pratos principais e 83,4% para as guarnições. Houve associação entre a aceitação do cardápio e a aceitação do prato principal (r = 0,7 </span></span><span style="font-family: 'Trebuchet MS', serif;"><span style="font-size: small;"><em>p</em></span></span><span style="font-family: 'Trebuchet MS', serif;"><span style="font-size: small;"> = 0,01). É importante manter a realização de ações de educação alimentar e nutricional, bem como o monitoramento da aceitabilidade das preparações e dos restos de alimentos.</span></span></p> Brenda Caroline de Paiva Rabelo Renata de Souza Ferreira Anne Danieli Nascimento Soares Nathalia Sernizon Guimarães Copyright (c) 2022 2022-08-10 2022-08-10 12 2 31 44 10.18696/reunir.v12i2.1121 Diversificação como estratégia de desenvolvimento: o caso de um grupo de concessionárias de veículos premium https://reunir.revistas.ufcg.edu.br/index.php/uacc/article/view/1032 <p>A diversificação de negócios e produtos vem sendo tópico central de investigações, gerando evidências teóricas e empíricas a respeito desta técnica de desenvolvimento. Assim, o objetivo deste estudo é o de examinar a percepção dos gestores sobre a diversificação como prática estratégia de desenvolvimento de uma das unidades de um Grupo empresarial atuante no mercado brasileiro de concessionárias de veículos <em>premium</em>, lubrificantes, postos e distribuição de combustíveis. Trata-se de um estudo de caso, cuja coleta de dados foi realizada através de entrevistas estruturadas junto aos respectivos gestores e mediante acesso a alguns documentos internos das empresas. Para a análise dos dados, foi empregada a técnica de análise de conteúdo. Os resultados apontaram que o Grupo, ao longo da sua trajetória, aproveitou das oportunidades de expansão em áreas correlatas de atuação, além do fato de os gestores constatarem a diversificação como prática de desenvolvimento das concessionárias por eles representadas.</p> César Ricardo Maia de Vasconcelos Carolina Barbosa Montenegro Copyright (c) 2022 2022-08-10 2022-08-10 12 2 45 55 10.18696/reunir.v12i2.1032 A violência psicológica e dissimulada no trabalho: estudo sobre o assédio moral nas carreiras públicas brasileiras https://reunir.revistas.ufcg.edu.br/index.php/uacc/article/view/831 <p>O assédio moral é caracterizado como violência psicológica, sutil, dissimulada, intencional, de caráter repetitivo e prolongado, na qual o agressor tem a intenção de humilhar e excluir socialmente uma pessoa no contexto da atividade laboral. Esta pesquisa teve como objetivo identificar e caracterizar a prevalência de assédio moral nas carreiras públicas brasileiras, bem como descrever os meios empregados para impedir este tipo de violência no trabalho. Para isto, foi realizada uma revisão sistemática da literatura. Verificou-se que o assédio moral nas carreiras públicas predomina de forma descendente em que o superior assedia seus subordinados. As principais consequências do assédio são estresse, burnout, depressão, ansiedade, febre emocional, medo, tristeza, choro, dificuldade de concentração, redução da capacidade laborativa, sentimento de solidão e inadequação, transtorno de pânico, hipertensão arterial, gastrite, esofagite de refluxo e outras diferentes formas de sofrimento no trabalho. Destacaram-se como medidas para prevenir e impedir o assédio moral: formação de grupos de apoio às vítimas, criação de comissões setoriais de combate ao assédio moral compostas por membros altamente capacitados sobre o tema, ações judiciais e ações de conscientização e informação sobre assédio moral. Este estudo contribui para a literatura, pois verificou-se a escassez de estudos relacionados às práticas para prevenir e impedir o assédio moral no setor público. Por fim, evidencia a necessidade de implementar medidas preventivas de divulgação e conscientização do assédio moral como forma de educar os servidores públicos à cultura do respeito e consideração da dignidade humana do próximo.</p> Júnior Wallison Miranda Stela Mariana de Morais Daniela de Castro Melo Copyright (c) 2022 2022-08-10 2022-08-10 12 2 56 64 10.18696/reunir.v12i2.831 Tensões entre a legislação ambiental e as estratégias produtivas de agricultores familiares do Semiárido https://reunir.revistas.ufcg.edu.br/index.php/uacc/article/view/1094 <p>O objetivo deste artigo é analisar, à luz da ecologia política, as práticas agropecuárias e de manejo dos recursos naturais dos agricultores familiares do Sertão Paraibano, frente às exigências legais de proteção da natureza. O arcabouço teórico utilizado permite compreender que a apropriação e o uso dos recursos naturais são organizados por relações sociais e de poder que pressionam o meio ambiente, de modo que o lucro de alguns pode representar a pobreza de outros e que a degradação da terra pode ser o resultado e a causa da exclusão social. A metodologia pautou-se na formulação de um perfil agrário e agrícola, para mensurar a participação da agricultura familiar na produção local; e na realização de entrevistas semiestruturadas com os agricultores familiares<em>,</em> para entender as práticas produtivas e as estratégias para superar as limitações impostas pela legislação ambiental vigente. Os resultados demonstraram que os agricultores familiares não conhecem plenamente a legislação ambiental brasileira e que a proibição do cultivo e da criação de animais em áreas de preservação permanente limita o potencial produtivo e fragiliza ainda mais a agricultura familiar.</p> Roberto de Sousa Miranda Aldo Manoel Branquinho Nunes Laiany Tássila Ferreira Copyright (c) 2022 2022-08-10 2022-08-10 12 2 65 77 10.18696/reunir.v12i2.1094 Contabilidade Dialógica e Relatórios de Sustentabilidade: o caso do Grupo Empresarial Monsanto https://reunir.revistas.ufcg.edu.br/index.php/uacc/article/view/1172 <p>O objetivo da pesquisa foi analisar os relatórios de sustentabilidade da empresa Monsanto, observando aspectos e características dos princípios da contabilidade dialógica na divulgação de informação socioambiental. Os dados foram extraídos dos Relatórios Anuais, Relatórios de Sustentabilidade e <em>website </em>da entidade, período de <em>2009</em> a 2017. A técnica utilizada foi análise de conteúdo interpretativa, estruturada em três grupos: relatórios anuais, relatórios de sustentabilidade e outras informações. Constata-se que os <em>disclosures</em> apresentam maior volume de informações voltadas para assuntos que se mostraram em alta na mídia e na sociedade, tais como, efeitos dos alimentos geneticamente modificados e glifosato, no intuito de legitimar as atividades da entidade. Os relatórios deixaram de ter uma característica puramente monetária para uma abordagem mais dialógica. Embora tenha ampliando o canal de comunicação com seus principais <em>stakeholders</em>, há ainda necessidade de melhorias e esclarecimentos nos itens relacionados aos efeitos negativos de seus produtos à saúde da população e animais, apresentados principalmente pela <em>International Agency for Recherche on Cancer</em>. A Monsanto resiste em aceitar as ações jurídicas perdidas nas cortes americanas, assim como, os estudos científicos contrários aos possíveis benefícios de seus produtos. Com isso, dá destaque ao aumento da produtividade de grãos modificados geneticamente que demandam um menor consumo de água.</p> Miguel Augusto Silveira de Brito Fátima de Souza Freire Nilton Oliveira da Silva Copyright (c) 2022 2022-08-10 2022-08-10 12 2 78 92 10.18696/reunir.v12i2.1172 Sustentabilidade em cervejarias artesanais no Rio Grande do Sul https://reunir.revistas.ufcg.edu.br/index.php/uacc/article/view/1019 <p>O debate acerca da sustentabilidade tem ganhado força nas organizações em que os gestores tem apresentado preocupações com o desempenho econômico, social e ambiental, buscando de forma equilibrada melhorar seus indicadores econômicos financeiros, ao mesmo tempo em também estão pautando ações voltadas ao bem estar das partes interessadas (colaboradores, sócios, comunidade e demais parceiros), bem como, preocupam-se com o que produzem e a melhor forma de descartar os resíduos oriundos da produção. O objetivo do estudo foi verificar o comportamento dos gestores da empresa quanto as ações de sustentabilidade, a partir dos três pilares: econômica, social e ambiental. Para tanto, utilizou-se da pesquisa descritiva, qualitativa e estudo de multi casos em três cervejarias artesanais do RS, sendo a coleta dos dados realizadas a partir do envio de um questionário contendo 42 questões abertas. Os resultados indicam que as cervejarias estudadas possuem ações de sustentabilidade considerando os três pilares, sendo que estas ações de modo geral estão voltadas as questões econômicas e legais, buscando reduzir os custos de produção e o cumprir a legislação vigente</p> Taísa Schefer Roveda Maria Margarete Baccin Brizolla Daniel Knebel Baggio Juliana da Fonseca Capssa Lima Sausen Copyright (c) 2022 2022-08-10 2022-08-10 12 2 93 104 10.18696/reunir.v12i2.1019 Planejamento estratégico e gestão organizacional no setor farmacêutico https://reunir.revistas.ufcg.edu.br/index.php/uacc/article/view/1093 <p>O presente trabalho objetivou analisar como se delineia o planejamento estratégico e como é a sua aplicabilidade na gestão organizacional de uma rede de farmácia na cidade de Irati-PR. A pesquisa se caracterizou como qualitativa, do tipo básica, e de natureza descritiva. Para levantamento dos dados foram aplicados questionários aos colaboradores e proprietários, assim como também foram feitas observações a fim de analisar os aspectos observados em estudos bibliográficos. Como resultados alguns pontos observados na prática da gestão organizacional da farmácia continham relações com a teoria, como: o planejamento em si para cada tomada de decisão, marketing, relacionamento com cliente, aperfeiçoamento de técnicas e atendimento, percepção e prevenção quanto à concorrência. Para isso, os gestores utilizavam recursos de gestão advindos da busca teórica na rotina da empresa, permitindo que a farmácia se mantivesse em elevado nível de competitividade. Logo, nota-se que assim como na teoria, a gestão organizacional aplicada nas práticas do dia a dia, de modo rígido, eleva a competitividade da organização, pois satisfaz tanto o cliente final que a torna competitiva em relação à concorrência quanto seus colaboradores que fundamentam a manutenção da competitividade no mercado.</p> Simone Kucznir Renzcherchen Antônio João Hocayen da Silva Karina Szendela Copyright (c) 2022 2022-08-10 2022-08-10 12 2 105 120 10.18696/reunir.v12i2.1093 Relações entre Organizações sob a Perspectiva da Teoria dos Custos de Transação: um estudo sobre as práticas de contabilidade gerencial intrafirma https://reunir.revistas.ufcg.edu.br/index.php/uacc/article/view/1314 <p>Amplas tendências econômicas, sociais e organizacionais podem afetar as empresas e suas práticas individuais, motivando a inserção da perspectiva relacional no estudo dos determinantes da adoção de práticas de contabilidade gerencial avançadas. Neste contexto, este estudo se valeu da Teoria dos Custos de Transação (TCT), que explica a cooperação interorganizacional como uma possibilidade de garantir os custos de transação reduzidos. Além da hierarquia, o mercado e as formas híbridas de governança das transações, previstas pela TCT, diferem entre si, principalmente, dependendo das características das transações e do regime de direito contratual ao qual estão sujeitas. Nesta perspectiva, Assim, objetivou-se analisar como os atributos distintivos das transações e dos contratos nas relações com fornecedores estão associados a adoção de práticas de contabilidade gerencial avançadas. Realizou-se estudo de casos múltiplos, em seis indústrias definidas por amostragem teórica, por meio de entrevistas e observação direta, analisadas com apoio da análise de conteúdo e seguindo roteiro proposto por Eisenhardt (1989). Os resultados sinalizaram que a celebração de contratos formais e sua completude com fornecedores estão associados com a adoção de práticas de contabilidade gerencial avançadas, inicialmente impactando aquelas relativas a avaliação de desempenho e, à medida que a vigência contratual se amplia e a completude do contrato percebida aumenta, o avanço nas práticas se verifica naquelas relativas a custos e controle financeiro e a planejamento e orçamentos.</p> Karla Katiuscia Nobrega de Almeida Antonio André Cunha Callado Copyright (c) 2022 2022-08-10 2022-08-10 12 2 121 137 10.18696/reunir.v12i2.1314 Ecoinovação em Empreendimentos de Tursimo Sustentável: O estudo de múltiplos casos no entorno do Riacho do Talhado https://reunir.revistas.ufcg.edu.br/index.php/uacc/article/view/1007 <p>A ecoinovação, modalidade de inovação objetiva um novo patamar na busca de soluções que interfiram de maneira positiva na relação com o meio ambiente, sendo um dos caminhos que podem conduzir a sustentabilidade ambiental. Nessa perspectiva, os empreendimentos que operam o turismo sustentável enxergam na ecoinovação uma oportunidade de agregar valor e atrair novos clientes. O estudo objetivou apontar os principais determinantes de ecoinovação nos empreendimentos que desenvolvem o turismo sustentável no entorno do Riacho do Talhado da Cidade de Delmiro Gouveia, Alagoas. Para tal foram realizados estudos de múltiplos casos em três empreendimentos de turismo sustentável, considerando a localização geográfica e a relevância do turismo na geração de emprego, renda, suas diversas interações e impactos sociais. Foram verificadas as tipologias de turismo que são praticadas e realizado o enquadramento dos empreendimentos como operadores de turismo sustentável, utilizando os princípios técnicos propostos pelo Conselho Brasileiro de Turismo Sustentável – CBTS; foram apontadas as práticas de ecoinovação com a adaptação de modelos teóricos utilizados para identificar a presença e tipologia de ecoinovações; para só então apontar os principais determinantes de ecoinovações nos empreendimentos pesquisados. A coleta de dados ocorreu com entrevistas semiestruturadas.&nbsp; O estudo teve abordagem qualitativa, foi descritivo e exploratório, o método foi dedutivo com análise de conteúdo e observação participante. Os resultados apontaram para que as organizações pesquisadas operam o turismo sustentável, são ecoinovadores e seus fatores determinantes são similares apesar de trabalharem com tipos de turismo diferentes.</p> David Nunes da Cunha Veruschka Vieira Franca Grayceane Bomfim Santos de Jesus Copyright (c) 2022 2022-08-10 2022-08-10 12 2 138 155 10.18696/reunir.v12i2.1007