O EFEITO FRAMING NA TOMADA DE DECISÃO CONTÁBIL: PERSPECTIVA DOS PROFISSIONAIS DE CONTABILIDADE DOS ESTADOS DO RIO GRANDE DO NORTE E PARÁ

  • Joana Darc Medeiros Martins UFRN Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Daniele da Rocha Carvalho UFRN - Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Ticiane Lima dos Santos UFPA - Universidade Federal do Pará
  • José Dionísio Gomes da Silva UFRN - Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Palavras-chave: Efeito Framing. Teoria do prospecto.

Resumo

O estudo tem como objetivo analisar o impacto da racionalidade limitada em um ambiente de decisão com base em informações contábeis na perspectiva de profissionais de contabilidade. Para isso, aplicou-se um questionário validado do efeito Framing de escolha sobre o risco com 172 profissionais da contabilidade nas cidades de Natal/RN e Belém/PA. Quanto à metodologia foi descritiva e quantitativa com aplicação de testes, utilizando a replicação de um estudo realizado com estudantes por Dantas e Macedo (2012). Os resultados apresentados evidenciam que os profissionais, quando expostos a situações negativas são propensos ao risco e, quando expostos a situações positivas, possuem aversão à perda. A teoria dos prospectos é identificada quando o respondente associa a alternativa A da primeira decisão com a D da segunda decisão. Na pesquisa apenas 30,81% realizaram esta associação, e em outra parte, sendo o maior percentual, 37,79%, verificou-se a utilização de viés heurístico no que tange à autoconfiança excessiva. Este ponto diferencia-se da pesquisa com estudantes, pois a maior concentração (41%) se deu com ênfase na teoria dos prospectos, utilizando-se da abordagem com viés do enquadramento dos resultados, Nas questões que verificam o efeito da pseudocerteza, observou-se que 17,44% dos profissionais de contabilidade foram influenciados por uma manipulação da certeza. Entretanto, na pesquisa realizada com estudantes, essa influencia foi de 40%; assim, pode-se inferir que os profissionais são menos influenciados pela manipulação da certeza. Pode-se observar no teste qui-quadrado de Pearson (Teste c2), que não houve diferença no padrão de resposta entre Natal/RN e Belém/PA.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joana Darc Medeiros Martins, UFRN Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Mestre em Ciências Contábeis. Professora Assistente do Departamento de Ciências Contábeis - UFRN
Daniele da Rocha Carvalho, UFRN - Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Mestre em Ciências Contábeis. Professora Assistente do Departamento de Ciências Contábeis - UFRN 
Ticiane Lima dos Santos, UFPA - Universidade Federal do Pará
Mestre em Administração
José Dionísio Gomes da Silva, UFRN - Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Doutor em Ciências Contábeis. Professor do Programa Multi-institucional e Inter-regional de Pós-graduação em Ciências Contábeis UnB/UFPB/UFRN.
Publicado
2013-09-11
Como Citar
Martins, J. D., Carvalho, D., dos Santos, T., & da Silva, J. D. (2013). O EFEITO FRAMING NA TOMADA DE DECISÃO CONTÁBIL: PERSPECTIVA DOS PROFISSIONAIS DE CONTABILIDADE DOS ESTADOS DO RIO GRANDE DO NORTE E PARÁ. REUNIR Revista De Administração Contabilidade E Sustentabilidade, 3(3), 140-161. https://doi.org/10.18696/reunir.v3i3.162
Seção
Artigos científicos