ECONOMIA DE COMUNHÃO (EdC): ADORÁVEL MUNDO DESCONHECIDO!

  • Ana Carolina Kruta de Araújo Bispo Universidade Federal da Paraiba
  • Nilda Maria Domingos Mendes CONAB
  • Maria Auxiliadora Diniz de Sá Faculdade Boa Viagem
Palavras-chave: Economia de comunhão, qualidade de vida no trabalho

Resumo

Felizmente, algumas empresas já compreendem que a sua performance é função, em grande parte, do reflexo que seu comportamento tem sobre o comportamento de seus funcionários, como é o caso daquelas que aderem ao Projeto Economia de Comunhão (EdC). Apesar de muitos dirigentes empresariais não darem a atenção devida às relações interpessoais, à organização do trabalho e ao estilo de direção, por considerarem os aspectos econômicos e financeiros, talvez como os únicos objetivos realmente importantes, esses são aspectos cruciais ao bem-estar de seu pessoal. Neste sentido, o objetivo geral deste estudo consiste analisar a qualidade de vida no ambiente de trabalho dos funcionários das empresas que aderem ao projeto EdC, bem como, mais especificamente, àquelas localizadas no Pólo Empresarial Spartaco. Após coleta e análise dos dados, foi possível emitir conclusões nesses termos: a qualidade das relações interpessoais, o modo de organização do trabalho e o estilo de direção adotado permitem inferir que as empresas do Pólo Empresarial Spartaco proporcionam qualidade de vida no trabalho aos seus funcionários. Pôde-se ainda afirmar que os valores divulgados pelo Projeto EdC, nos termos estudados são aplicados pelas empresas analisadas, embora ainda se encontrem em adaptação, segundo os próprios dirigentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Carolina Kruta de Araújo Bispo, Universidade Federal da Paraiba
Departamento de AdministraçãoCurso de Administração
Publicado
2013-08-06
Como Citar
Kruta de Araújo Bispo, A., Mendes, N. M., & de Sá, M. A. (2013). ECONOMIA DE COMUNHÃO (EdC): ADORÁVEL MUNDO DESCONHECIDO!. REUNIR Revista De Administração Contabilidade E Sustentabilidade, 3(3), 21-43. https://doi.org/10.18696/reunir.v3i3.129
Seção
Artigos científicos