PRÁTICAS DE GOVERNO ELETRÔNICO NOS MUNICÍPIOS: UM ESTUDO DA MESORREGIÃO DO SUL E SUDOESTE DO ESTADO DE MINAS GERAIS

  • Paulo Roberto Rodrigues de Souza UNIFAL-MG
  • Maria Aparecida Curi UNIFAL-MG
  • Adriano Antônio Nuintin UNIFAL-MG
Palavras-chave: E-gov, transparência, Serviços

Resumo

O Governo Eletrônico - eGov pode servir a vários propósitos, desde cumpridor das leis vigentes; promover transparência dos atos e contas públicas; possibilitar participação popular; prestar serviços aos cidadãos através de serviços on-line; sejam eles visando arrecadação ou simples serviços de acompanhamento de processos. Com isso, o desenvolvimento deste estudo justifica-se devido a importância de temas atuais, como a transparência, prestação de contas da gestão dos recursos públicos e os resultados gerados, tendo como instrumento o Governo Eletrônico. Esta pesquisa busca responder a seguinte questão:  Como está a prática de Governo Eletrônico nos Municípios da mesorregião Sul e Sudoeste de Minas Gerais? Objetivo geral: Avaliar as práticas de Governo Eletrônico dos Municípios da mesorregião Sul e Sudoeste de Minas Gerais. Objetivos específicos: (i) Descrever as práticas de Governo Eletrônico dos Municípios estudados; e (ii) classificar os Municípios de acordo com o nível de eficiência de práticas de Governo Eletrônico, relacionadas com as Receitas Públicas e o PIB. De acordo com os resultados da pesquisa, é evidente o espaço para melhoria das práticas de eGov dos Municípios, ou seja, mais ações por parte dos gestores para a implantação das práticas de eGov. Observa-se que os Municípios estudados com maior Receita Total e PIB per capita, não apresentam melhores práticas de Governo Eletrônico, ou seja, o nível de eficiência evidência que a melhor relação entre os resultados gerados e os recursos disponíveis é influenciada pela gestão da aplicação dos recursos públicos e pela busca de geração de resultados para a sociedade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Roberto Rodrigues de Souza, UNIFAL-MG
Professor do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas da UNIFAL-MG;  Graduado em Administração; Mestre em Engenharia de Produção pela UFSC; Doutor em Ciências na área de Engenharia de Produção pela UNESP;  
Maria Aparecida Curi, UNIFAL-MG
Doutora em Administração pela Universidade Federal de Lavras - UFLA. Possui graduação em ADMINISTRAÇÃO pela Faculdade Cenecista de Varginha, graduação em CIÊNCIAS CONTÁBEIS, pela Faculdade Cenecista de Varginha e MESTRADO em ADMINISTRAÇÃO Gestão Estratégica de Negócios pela Faculdade Cenecista de Varginha. Possui especialização em Contabilidade Avançada e Gerencia Financeira pela Universidade São Judas Tadeu - SP. Atualmente é Professora da Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL-MG.
Adriano Antônio Nuintin, UNIFAL-MG
Doutorado em Administração pela Universidade Federal de Lavras - UFLA. Mestrado em Controladoria e Contabilidade pela Universidade de São Paulo - FEARP-USP, Graduação em Administração e Ciências Contábeis. Professor na Universidade Federal de Alfenas - UNIFAL-MG, Campus Varginha/MG.  
Publicado
2019-07-16
Como Citar
Rodrigues de Souza, P., Curi, M., & Nuintin, A. (2019). PRÁTICAS DE GOVERNO ELETRÔNICO NOS MUNICÍPIOS: UM ESTUDO DA MESORREGIÃO DO SUL E SUDOESTE DO ESTADO DE MINAS GERAIS. REUNIR Revista De Administração Contabilidade E Sustentabilidade, 9(1), 63-72. https://doi.org/10.18696/reunir.v9i1.898
Seção
Artigos científicos