GERENCIAMENTO DE RESULTADOS E AVALIAÇÃO DE EMPRESAS: UMA ANÁLISE DA RELEVÂNCIA DOS ACCRUALS DISCRICIONÁRIOS NO MODELO DE OHLSON

  • Kallyse Priscila Soares de Oliveira Universidade Federal da Paraíba
  • Paulo Roberto Nóbrega Cavalcante Universidade Federal da Paraíba - Programa de Pós Graduação em Ciências Contábeis
Palavras-chave: Gerenciamento de Resultados;, Avaliação de Empresas;, Value Relevance.

Resumo

O objetivo desta pesquisa consistiu em verificar o reflexo da figura do gerenciamento de resultados (accruals discricionários) sobre a avaliação de empresas brasileiras de capital aberto no período de 2012 a 2017. Foram analisadas 1.170 observações, com uma média de 200 empresas por ano. Realizou-se a estimação do gerenciamento de resultados (GR) pelo modelo de Dechow et al. (2012). Em seguida, analisou-se o value relevance do gerenciamento de resultados pelo modelo de Ohlson (1995). Os principais achados confirmaram que há heterocedasticidade entre os dados da amostra, justificando o uso de regressões quantílicas. Em achados adicionais a outras pesquisas, com relação ao aumento do value relevance do modelo de Ohlson (1995), o GR apresentou relevância entre as empresas de médios e maiores valor de mercado, indicando que gerenciamento de resultados, afeta a precificação dessas firmas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-12-28
Como Citar
Soares de Oliveira, K., & Cavalcante, P. R. (2018). GERENCIAMENTO DE RESULTADOS E AVALIAÇÃO DE EMPRESAS: UMA ANÁLISE DA RELEVÂNCIA DOS ACCRUALS DISCRICIONÁRIOS NO MODELO DE OHLSON. REUNIR Revista De Administração Contabilidade E Sustentabilidade, 8(2), 56-64. https://doi.org/10.18696/reunir.v8i2.826
Seção
Artigos científicos