INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE EM PEQUENAS EMPRESAS: UM ESTUDO COM PARTICIPANTES DO PROGRAMA AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO EM RONDÔNIA (BRASIL)

  • Váldeson Amaro Lima Universidade Municipal de São Caetano do Sul Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia http://orcid.org/0000-0001-5148-1199
  • Esdras da Silva Costa Universidade Municipal de São Caetano do Sul Faculdade de Mauá
  • Raquel da Silva Pereira Universidade Municipal de São Caetano do Sul
Palavras-chave: Inovação em pequenas empresas, sustentabilidade, inovação e sustentabilidade.

Resumo

O presente trabalho se propôs a verificar a relação entre inovação e sustentabilidade, analisando o grau de inovação de pequenas empresas e o desenvolvimento de ações ligadas a sustentabilidade, a partir de uma amostra de 205 empresas participantes do programa Agentes Locais de Inovação, no Estado de Rondônia (Amazônia, Brasil). O método de pesquisa utilizou da abordagem quantitativa e dos procedimentos da pesquisa de levantamento (survey), com coleta de dados por revisão de registros estruturados e tratamento pela aplicação da técnica de regressão linear múltipla utilizando SPSS®. Os resultados indicam que existe uma correlação positiva entre o desenvolvimento das atividades de inovação e a adoção de ações sustentáveis pelas pequenas empresas pesquisadas, sendo as dimensões soluções, oferta, marca e processos, do Radar Inovação, mais influentes sobre a atitude sustentável das empresas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Váldeson Amaro Lima, Universidade Municipal de São Caetano do Sul Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia
Doutorando em Administração pelo Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Municipal de São Caetano do SulProfessor EBTT de Administração no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia
Esdras da Silva Costa, Universidade Municipal de São Caetano do Sul Faculdade de Mauá
Doutorando em Administração pelo Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Municipal de São Caetano do SulProfessor de Administração na Faculdade de Mauá
Raquel da Silva Pereira, Universidade Municipal de São Caetano do Sul
Doutora em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São PauloProfessora no Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Municipal de São Caetano do Sul

Referências

BACHMANN, D. L.; DESTEFANI, J. H. Metodologia para Estimar o Grau de Inovação nas MPEs: Cultura do Empreendedorismo e Inovação. In: XVIII SEMINÁRIO NACIONAL DE PARQUES TECNOLÓGICOS E INCUBADORAS DE EMPRESAS, Aracaju, SE, Brasil. Anais... Aracaju/SE: 22 a 26 de setembro de 2008.

BARBIERI, J. C.; CAJAZEIRA, J. E. R. Responsabilidade social empresarial e empresa sustentável: da teoria à prática. São Paulo: Saraiva, 2009.

BECKER, B. K. Novas territorialidades na Amazônia: desafio às políticas públicas. Bol. Mus. Para. Emílio Goeldi. Cienc. Hum., v.5, n.1, 2010, pp.17-23.

BOS-BROUWERS, H. E. J. Corporate Sustainability and Innovation in SMEs: Evidence of Themes and Activities in Practice. Business Strategy and the Environment, v.19, n.7, 2010, pp.417-435.

CARVALHO, G. D.; SILVA, W. V.; PÓVOA, A. C.; CARVALHO, H. G. Radar da Inovação como Ferramenta para o Alcance de Vantagem Competitiva para Micro e Pequenas Empresas. Revista de Administração e Inovação, v.12, n.4, 2015, pp.162-186.

CNC. Empresômetro MPE. Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Disponível em:<http://empresometro.cnc.org.br/>. Acessado em: 25 de março de 2017.

CNPq. ALI - Agentes Locais de Inovação. Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico: Disponível em:<http://cnpq.br/apresentacao-ali>. Acessado em 10 de março de 2017.

CÔRTES, P. L.; MORETTI, S. L. Consumo Verde: um estudo transcultural sobre crenças, preocupações e atitudes ambientais. REMark - Revista Brasileira de Marketing, v.12, n.3, 2013, pp.45-76.

COOPER, D. R.; SCHINDLER, P. S. Métodos de Pesquisa em Administração. 12.ed. Porto Alegre: McGraw Hill Brasil, 2016.

CRESWELL, J. W. Projeto de Pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto. Porto Alegre: Artmed, 2010.

DE SÃO PEDRO FILHO, F.; LIMA, V. A.; DA SILVA NETO, J. M.; DA SILVA MÜLLER, C. A.; DA COSTA, G. B. Building the capacity for sustainable innovation in the Amazon region. International Journal of Innovation and Learning, v.22, n.1, 2017, pp.23-43.

FERREIRA, Y. N. Metrópole sustentável? Não é uma questão urbana. São Paulo em Perspectiva, v.14, n.4, 2000, pp.139-144.

FLEURY, M. T.; FLEURY, A. C. Alinhando Estratégia e Competências. RAE - Revista de Administração de Empresas, v.44, n.1, 2004, pp.44-57.

FREITAS, C. C. G.; MAÇANEIRO, M. B.; KUHL, M. R.; SEGATTO, A. P.; DOLIVEIRA, S. L. D.; LIMA, L. F. Transferência tecnológica e inovação por meio da sustentabilidade. Revista de Administração Pública, v.46, n.2, 2011, pp.363-384.

FREITAS, H.; OLIVEIRA, M.; SACCOL, A. Z.; MOSCAROLA, J. O método de pesquisa survey. Revista de Administração, v.35, n.3, 2000, pp. 105-112.

GERSTLBERGER, W.; KNUDSEN, M.; STAMPE, I. Sustainable Development Strategies for Product Innovation and Energy Efficiency. Business Strategy and the Environment, v.23, n.2, 2014, pp.131-144.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6.ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GOUVÊA, M. A.; PREARO, L. C.; ROMEIRO, M. C. Avaliação da adequação de aplicação de técnicas multivariadas em estudos do comportamento do consumidor em teses e dissertações de duas instituições de ensino superior. Revista de Administração, v.47, n.2, 2012, pp.338-355.

HAIR JR., J. F.; WILLIAM, B.; BABIN, B.; ANDERSON, R. E. Análise multivariada de dados. 6.ed. Porto Alegre: Bookman, 2009.

HALME, M.; KORPELA, M. Responsible innovation toward sustainable development in small and medium-sized enterprises: a resource perspective. Business Strategy and the Environment, v.23, n.8, 2014, pp.547-566.

HART, S. O futuro de baixo para cima. In: SEBRAE (Org). Inovação e sustentabilidade, bases para o futuro dos pequenos negócios. São Paulo: SEBRAE, 2013.

HOFFMANN, R. Análise de regressão: uma introdução à econometria [recurso eletrônico]. Piracicaba: ESALQ/USP, 2016.

KLEWITZ, J.; HANSEN, E. G. Sustainability-oriented innovation of SMEs: a systematic review. Journal of Cleaner Production, v.65, fevereiro, 2014, pp.57-75.

LIMA, V. A.; MÜLLER, C. A. S. Why do small businesses innovate? Relevant factors of innovation in businesses participating in the Local Innovation Agents program in Rondônia (Amazon, Brazil). RAI - Revista de Administração e Inovação, v.14, 2017, pp.290–300.

MADERO-GÓMEZ, S. M.; SOLÍS, I. A. Z. La sostenibilidad desde una perspectiva de las áreas de negocios. Cuadernos de Administración, v.32, n.56, 2016, pp.7-19.

MARÔCO, J. Análise estatística com o SPSS Statistics. ReportNumber, 2011.

OECD. Manual de Oslo: diretrizes para coleta e interpretação de dados sobre inovação. 3.ed. 2005. Disponível em: <http://www.finep.gov.br/images/apoio-e-financiamento/manualoslo.pdf>. Acessado em: 26 de março de 2017.

PARDO, M. R. Estilo cognitivo de gestores e grau de inovação em restaurantes de Porto Velho – RO. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Administração, Universidade Federal de Rondônia. Porto Velho: UNIR, 2014.

PAREDES, B. J. B.; SANTANA, G. A.; FELL, A. F. A. Um estudo de aplicação do Radar da inovação: o grau de inovação organizacional em uma empresa de pequeno porte do setor Metal-mecânico. Navus - Revista de Gestão e Tecnologia, v.4, n.1, 2014, pp.76-88.

PEREIRA, R. S. Resenha bibliográfica: Responsabilidade social empresarial e empresa sustentável - da teoria à prática. Revista de Administração Contemporânea, v.14, n.6, 2010, pp.1174-1176.

PESTANA, M. H.; GAGEIRO, J. N. Análise de Dados para Ciências Sociais – A Complementariedade do SPSS. 6.ed. Lisboa: Sílabo, 2003.

RITA, L.P.S.; ARAÚJO, A. C.; PAULA, M. A.; LIMA, M. O.; VIANA FILHO, J. C. Consumo de produtos e serviços inovadores: aplicação do índice de prontidão para tecnologia. Revista Brasileira de Inovação, v.9, n.1, 2010, pp.167-196.

RODRIGUES, A. P. A.; BERTOCO, A. B.; RAMOS, E. N. Inovação e sustentabilidade na micro e pequena empresa: um estudo sobre a percepção e conhecimento sobre a aplicação de práticas sustentáveis em empresas de Ponta Grossa e Wenceslau Braz – PR. In: VI CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA E PRODUÇÃO, Ponta Grossa, PR, Brasil. Anais... Ponta Grossa/PR: 30 de novembro a 2 de dezembro de 2016.

SANTOS, A. B. A.; FAZION, C. B.; MEROE, G. P. S. Inovação: um estudo sobre a evolução do conceito de Schumpeter. Caderno de Administração, v.5, n.1, 2011, pp.1-16.

SAWHNEY, M.; WOLCOTT, R.; ARRONIZ, I. The 12 Different Ways for Companies to Innovate. MITSloan Management Review, v.47, n.3, 2006, pp.74-81.

SCHALTEGGER, S.; WAGNER, M. Sustainable entrepreneurship and sustainability innovation: categories and interactions. Business Strategy and the Environment, v.20, n.4, 2011, pp.222-237.

SEBRAE. Inovação e sustentabilidade, bases para o futuro dos pequenos negócios. São Paulo: Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, 2013.

SILVEIRA, L. M.; DALMARCO, G.; PETRINI, M.; NEUTZLING, D. M. Inovação e Desenvolvimento Sustentável: uma análise sistemática da produção científica internacional. DESENVOLVE: Revista de Gestão do Unilasalle, v.5, n.1, 2016, pp.174-199.

ŚLEDZIK, K. Schumpeter’s View on Innovation and Entrepreneurship. In: HITTMAR, S. (Org.). Management Trends in Theory and Practice. Faculty of Management Science and Informatics, University of Zilina & Institute of Management by University of Zilina, 2013.

TABORDA, C. S. B.; ESTEVÃO, C. M. S.; NUNES, S. M. Innovation management in the Beira Interior SME’s: the manager perspectives. Tourism & Management Studies, v.9, n.2, 2013, pp.124-129.

TIDD, J.; BESSANT, J. Gestão da Inovação. 5.ed. Porto Alegre: Bookman, 2015.

Publicado
2020-03-05
Como Citar
Lima, V., Costa, E., & Pereira, R. (2020). INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE EM PEQUENAS EMPRESAS: UM ESTUDO COM PARTICIPANTES DO PROGRAMA AGENTES LOCAIS DE INOVAÇÃO EM RONDÔNIA (BRASIL). REUNIR Revista De Administração Contabilidade E Sustentabilidade, 10(1), 43-54. https://doi.org/10.18696/reunir.v10i1.685
Seção
Artigos científicos